Políticas do SUS tentam acabar com a discriminação LGBT

Políticas do SUS tentam acabar com a discriminação LGBT

Nos serviços de saúde, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais – população LGBT, podem vir a enfrentar estigmas e discriminação, o mesmo que acontece na sociedade em geral. Os serviços de saúde devem ser locais onde todas as pessoas se sintam acolhidas e seguras, por isso é importante que o atendimento seja livre de preconceitos como a LGBTfobia, a fim de garantir o acesso à saúde com qualidade e de forma humanizada.

Leia Mais

Saúde e Diversidade